Suínos

Suínos

11/01 A 17/01 de 2016

Na semana em análise a cotação média nacional do porco classe E apresentou um pequeno decréscimo em relação à semana anterior (-1 cêntimo / Kg). No que se refere aos leitões, de <12 Kg e de 19-25 Kg, a tendência foi de estabilidade.
No Entre Douro e Minho a oferta e a procura de suínos para abate foram médias. A concorrência do produto importado continuou forte, principalmente com origem em Espanha. Descida das cotações do porco classe E (-2 cêntimos / Kg na cot. +freq).
Na Beira Litoral a oferta de suínos para abate foi média e a procura foi relativamente fraca. Continua a registar-se a entrada de produto oriundo do mercado externo, nomeadamente de Espanha. No que se refere aos leitões, a oferta foi média a abundante, superior a anos anteriores e a procura foi muito fraca, com o final das quadras festivas. Ligeira subida da cotação +freq. do porco classe E (+1 cêntimo / Kg) e estabilidade dos leitões de <12 Kg.
No Alentejo a oferta e a procura de suínos para abate foram médias. No que se refere às cotações, não se registaram quaisquer alterações em relação à semana anterior, quer no caso do porco classe E, quer dos leitões, de <12 Kg e de 19-25 Kg.
Na Beira Interior a oferta de suínos para abate foi relativamente abundante e a procura relativamente fraca. As cotações do porco classe E mantiveram-se em relação à semana anterior.
No Algarve as cotações do porco classe E subiram (+5 cêntimos / Kg) e as dos leitões de <12 Kg mantiveram-se estáveis.
 

Porco classe E (57% *) - Entrada Matadouro
1.17 EUR / Kg P.C.

Leitão até 12 Kg - Saída Produção
2,44 EUR / Kg P.V.

Leitão 19 a 25 Kg - Saída Produção
1,75 EUR / Kg P.V.

Informação: GPP - SIMA